Sábado, 17 de Janeiro de 2009

6-Não foram esquecidos....

 

 

-Na construção deste blog tenho-me referido, quase exclusivamente, ao pessoal  operacional, isto é, aqueles que tinham a especialidade "Comando".   Contudo, da 7ª Companhia de Comandos também faziam parte outros militares, com outras especialidades, e que, é justo e imperioso que se diga, sem o seu apoio não teríamos conseguido cumprir cabalmente as nossas missões.  

Refiro-me à Formação da Companhia.

 

 

A Formação

 

-A Formação englobava, como já disse, militares com várias especialidades : mecânicos; transmissões; serviço de saúde;  administração militar (alimentação); condutores; atiradores; corneteiros , etc.

-Com excepção da Secretaria e dois ou três militares mecânicos que estavam sempre no Batalhão, todos os outros elementos da Formação  nos acompanhavam para as intervenções, fossem elas no Distrito de Tete ,Cabo Delgado, ou outro sítio qualquer, e portanto sofriam como nós as agruras das picadas estando igualmente sujeitos  a emboscadas ou rebentamento de minas.

 

 

A Secretaria da Companhia

 

-Da Formação fazia também parte a Secretaria da Companhia que estava permanentemente instalada na sede do Batalhão em Montepuez.      Era chefiada por um 1º Sargento e estavam lá também colocados um Furriel e uma ou duas praças.

-A Secretaria ocupava-se de toda a parte administrativa, vencimentos, escrituração de documentos, baixas e altas  por motivos de saúde, e diversos outros assuntos.     Para além disso, à Secretaria cabia ainda uma outra função muito importante e com grande impacto em todos nós:  tinha a incumbência de, sempre que isso fosse possível, enviar para o local onde a Companhia se encontrasse estacionada a nossa correspondência, que nos era endereçada para Montepuez.

-E como nós ficávamos satisfeitos quando recebiamos as cartas  enviados  pelas nossas "madrinhas de guerra"?     Ás quais depois, a maioria de nós, respondia utilizando os "amarelinhos", essa excelente idéia das senhoras do Movimento Nacional Feminino,  distribuidos pelo Serviço Postal Militar, e que quando expedidos para fora do território de Moçambique eram gratuitamente transportados pela TAP.

 

 

(Aerogramas, também conhecidos como amarelinhos ou bate-estradas)

 

Serviço de Saúde

 

  

A nossa equipa médica, chefiada pelo João Carrilho,   «tratava-nos da saúde»   e de que maneira!!.... Quais bolhas nos pés, qual quê?!    Isso era coisa que não nos afligia . 

A Brigada do Reumático estava á pega com eles. 

Uma  "baldazita" para não ir ao mato, está bem está, nem pensar!!

 

 

 (O João Carrilho e eu, será que iamos fazer  uma "evacuação" ?!)

 

 

 

Transmissões

  

 

Os "Radiots" devidamente enquadrados pelo Próspero punham-nos em contacto com qualquer parte do território, não havia sitio para onde não se conseguisse falar.

Além de que montavam antenas e estendiam fios por tudo quanto era sitio.

Era uma equipa impecável, para eles, "Transmissões" não era problema..

 

 

 

 

 ( Não era exactamente igual a este, o material que o pessoal das Transmissões nos distribuia, mas estavam lá perto...)

  

 

 

Viaturas e Transportes

 

 

  

-O Gonçalves com a sua equipa de mecânicos e condutores  faziam verdadeiros milagres, não tinham dificuldade nenhuma em colocar-nos "sobre rodas".   Aquela equipa não brincava, eles conseguiam, a partir de um tronco de pau-preto, fazer um semi eixo para um Unimog, ou uma ponte para o diferencial da Berliet!!..

Viaturas inops?    Nem pensar, não nos podiamos dar a esse luxo..

 

 

 

 

( O Unimog avariou, havia que transportá-lo para o devido lugar.)

 

  

 

Serviço de Alimentação

 

 

-E que dizer do Serviço de Alimentação,  da responsabilidade do Santos Silva, que tantas vezes conseguiu a proeza de nos pôr a todos de acordo  quanto à qualidade da comida?

 Já não falo aqui da quantidade que quase sempre nos  "fartava"!

Mas tinhamos sempre a possibilidade de ir à improvisada cantina, comer uma sandocha de chouriço ou queijo, habilmente confeccionada pelo Pereira, e acompanhada com uma bejeca, que nem sempre estava à temperatura ideal, mas que caía às mil maravilhas.

 

  

(Com o Carlos Silva, petiscos destes eram normais...)

 

 

 

Agora a sério rapazeada, cada um na sua função, foram de uma importância fundamental para nós, e por isso mesmo o nosso  reconhecimento pelo vosso trabalho.

A 7ª Companhia de Comandos não teria sido a mesma sem o vosso indispensável contributo.

Bem haja a todos.

 

 

 

publicado por 7ccmdsmoc às 22:34
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Alf.Milº "COMANDO" FELICI...

. Convívio de 2011

. Uma triste notícia-Alf. ...

. Série televisiva a Guerra...

. Fotos do Convivio de 2010

. República/Monarquia-Breve...

. Impressões de uma viagem ...

. Madrinhas de Guerra

. Fotos do convivio de 2010...

. Convivio de 2010 da 7ª Co...

.arquivos

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Agosto 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

blogs SAPO

.subscrever feeds